Qual a diferença entre Paid, Owned & Earned Media

Nas relações publicas existem três pilares no que diz respeito à relação com os media e à publicação de conteúdos – falamos de Paid (pagos), Owned (detidos/próprios) e Earned (ganhos). Embora os tipos meios de comunicação Paid, Owned e Earned sejam distintos, têm o mesmo objectivo final – aumentar o conhecimento da marca. 

A sua combinação de forma estratégica é crucial para qualquer plano de comunicação bem-sucedido. No entanto, as diferenças nem sempre são claras. Vamos ajudar a clarificar. 

Paid Media

Os meios de comunicação pagos incluem qualquer canal em que se tenha que realizar algum investimento direto. Normalmente, incluem fontes de terceiros e permitem atingir um público específico, de forma direta e objetiva.

Os meios pagos, também chamados anúncios, funcionam quando queremos efetuar uma comunicação muito comercial ou com um grande alcance, bem como direcionar as pessoas para uma determinada ação (visitas a website, compra na loja, participação no evento). 

São exemplos de meios de comunicação social pagos: anúncios em televisão, rádio, online e imprensa, anúncios em redes sociais e Google Ads, Branded Content (conteúdos editoriais pagos nos meios de comunicação), parcerias pagas com influencers. 

A principal vantagem, além da garantia de publicação e notoriedade, é que são totalmente controláveis pela empresa. A publicidade e todos os conteúdos associados é desenvolvida e/ou validade previamente e a mensagem é exatamente aquela que pretende transmitir. 

Owned Media

Os Owned Media são fáceis de compreender, mas às vezes geram alguma confusão. Incluem todos os meios de comunicação criados e geridos pela empresa como o seu website, blog, email marketing, perfis nas redes sociais. Não paga pelo conteúdo que apresenta ao seu público com controlo sobre tudo o que é publicado.

Sendo a vantagem, o controlo sobre tudo o que é comunicado, a desvantagem, à semelhança da publicidade, é que o potencial cliente sabe que foi o próprio a escrever este conteúdo. Por outro lado, é interessante para mostrar autoridade e conhecimentos da empresa numa determinada área/sector e passar conteúdos relevantes ao seu público-alvo.  Estes canais funcionam melhor quando fornecem valor para o utilizador. 

Earned Media

Os meios de comunicação “ganhos”são chamados assim porque, literalmente, significa publicidade que se “ganhou”. É neste ponto que as relações públicas têm um papel determinante. A definição de pontos de interesse e histórias que sejam do interesse dos meios é fundamental para se “conquistar” espaço não pago. Espaço este que é muito mais eficaz porque é independente (escrito e publicado por terceiros) e, gera mais confiança entre o público. 

A principal vantagem, como já vimos, é além de ser gratuito tem um maior impacto na reputação da empresa juntos dos seus públicos. A desvantagem é que não podemos controlar o que é escrito, por isso é importante uma boa definição de mensagens-chave e preparação do que se dirá. Mais uma vez, é aqui que a agência ou profissional de relações públicos, são um importante apoio. 

Uma comunicação bem definida deve integrar estes três pilares visto que cada um desempenha o seu próprio papel na otimização da sua mensagem. Já tinha pensado nisto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.